Vestidos de debutante: do romântico e tradicional ao moderno e festivo

Top tomara que caia em renda chantilly 

Muito tule para dar volume à saia



A Bruna acabou de completar seus 15 anos. Para ela a estilista Maria Paula Guimarães confeccionou dois modelos, na verdade foram três, um deles com troca de saias.

Bem, explicando melhor, a noite estava programada para começar assim. Bruna receberia seus convidados num curtinho cor de rosa todo em renda chantilly francesa. O top tomara que caia foi delicadamente rebordado em vidrilhos, cristais e paetês. A saia foi toda construída com a mesma renda, só que em babados.










Tomara que caia com saia curtinha de babados em renda





Na valsa, o romantismo impera. Assim, a saia curtinha seria substituída por uma longa e bem volumosa saia de shantung rosa com sobreposição de camadas de tule também cor de rosa.











Saia em tule francês bem armada com top tomara que caia 

Depois das tradições, nada melhor que curtir a noite e transformar a festa numa “balada”. Para isso, o traje adequado de Bruna foi outro modelo curto. Esse em shantung preto.

Na saia tule francês da mesma cor, várias camadas, bastante volume. O top tomara que caia ganhou um bordado. Foram usadas pedrarias que fizeram um degradê de preto e rosa. Nesse vestido prevaleceu a juventude e a modernidade, muito conforto e brilho para a pista de dança.




Bordado em pedrarias num degradê de preto e rosa




Texto e fotos de Bárbara Mendonça


Comentários

  1. Amei esses vestidos, quero igualzinho para minha festa ����

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Você planejou um casamento Boho e agora procura por um vestido de noiva natural e romântico que combine com você e a cerimônia? Então, este post é para você!

Você quer um vestido de noiva que combine com uma cerimônia tradicional e seja delicado e romântico? Veja aqui o modelo da Aline.

Um vestido de noiva com uma proposta clean e um toque de brilhos intensos para equilibrar com a simplicidade