Vestido prateado para uma cerimônia íntima

Vestido de festa para noiva 
A inspiração dessa vez foi Elie Saab. Com todos os brilhos num estilo de bordado inconfundível ele torna qualquer vestido no sinônimo de riqueza e elegância. Foi nele que Raquel Starling  e a estilista Maria Paula Guimarães se miraram para construir um modelo de vestido que seria usado para celebrar o casamento de Raquel. 

Muita prata. Prata na delicadíssima renda Chantilly. Prata no tule. E prata nas pedrarias que foram utilizadas para o rico bordado.

No modelo nada de excepcional. Mangas longas, transparência nas costas e saia curta. E, para marcar a cintura, um cinto estreito todo trabalhado nas peças brilhantes que deram vida ao vestido.

Primeiro veio a renda servindo de base. Por cima o tule todo rebordado com filetes de mini paetés, vidrilhos e pedrarias de várias formas e tamanhos. Rebordado que consiste em linhas que se encontram e desencontram proporcionando ora mais intensidade em alguns momentos ora mais espaçamento em outros.

Bordado rico e delicado, pedrarias prateadas em tecidos prateados

Filetes de pedrarias por todo o vestido inclusive nas mangas


Texto de Bárbara Mendonça

Comentários